Premiê chinês se reúne com delegação de negócios dos EUA

Premiê chinês se reúne com delegação de negócios dos EUA
Fonte: Xinhua, 18/10/2019.

Xinhua/Yin Bogu (Divulgação).

Xinhua/Yin Bogu (Divulgação).

“Beijing, 18 out (Xinhua) — O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, reuniu-se na quinta-feira com uma delegação de negócios dos Estados Unidos, liderada por Evan Greenberg, presidente do Conselho Empresarial EUA-China (USCBC, em inglês) .

Como a China e os EUA são respectivamente o maior país em desenvolvimento e o maior país desenvolvido do mundo, o progresso saudável e estável das relações sino-americanas é benéfico para os dois lados e para o planeta, apontou Li.

Li pediu para as duas partes que se concentrem na coordenação, cooperação e estabilidade, adotem uma perspectiva de longo prazo, mantenham os pés no chão e resolvam as questões relevantes através do diálogo e consultas com base na igualdade e no respeito mútuo, a fim de conduzir os laços econômicos e comerciais bilaterais ao caminho correto.

Li expressou a esperança de que os envolvidos nos setores industrial e comercial dos EUA, incluindo o USCBC, continuem a desempenhar um papel positivo na promoção do desenvolvimento das relações bilaterais e no aprimoramento da compreensão mútua entre os dois povos, disse ele.

A porta de abertura da China não será mais fechada e de fato se abrirá mais, afirmou Li.

Empresas de todos os países, incluindo os Estados Unidos, podem expandir seus investimentos e a cooperação com a China para obter benefícios recíprocos, segundo o premiê.

Os delegados dos EUA manifestaram que a comunidade empresarial dos EUA espera manter contatos com a China, e não quer ver a dissociação entre os dois países, bem como guerras comerciais ou imposição de tarifas adicionais.

Eles expressaram a esperança de que ambos os lados aproveitem as oportunidades e cheguem a um acordo significativo através de negociações e consultas, para que empresas de ambos os países possam gozar de uma concorrência saudável e alcançar um desenvolvimento comum em um ambiente justo e apurado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *